Comentário da carta: O velho desta carta irradia no mundo uma satisfação de criança. Há uma atmosfera de graça à sua volta, indicando que ele está bem consigo mesmo, e com o que a vida lhe proporcionou. Parece que ele está conversando alegremente com o louva-a-deus em seu dedo, como se os dois fossem os maiores amigos. As flores cor-de-rosa que cascateiam em torno dele representam um tempo de deixar-acontecer, de relaxamento e doçura. Elas são uma resposta à sua presença, um reflexo da sua própria natureza.

A inocência que advém de uma profunda experiência de vida é semelhante à de uma criança, sem ser infantil. A inocência das crianças é bela, mas ignorante. Ela será substituída por desconfiança e dúvida à medida que a criança for crescendo e aprendendo que o mundo pode ser um lugar perigoso e ameaçador. A inocência, porém, de uma vida plenamente vivida, tem um quê da sabedoria e da aceitação do milagre da vida em eterna mudança.

innocense

O Zen diz que se você abandonar o conhecimento — e dentro do conhecimento inclui-se tudo: seu nome, sua identidade, tudo… porque tudo isso lhe foi dado pelos outros –, se você abandonar tudo o que lhe foi dado pelos outros, você adquirirá uma qualidade totalmente diferente de ser — a inocência.
Isso será uma crucificação da persona, da personalidade, e haverá uma ressurreição da sua inocência; você se tornará outra vez uma criança, renascida.

Osho Dang Dang Doko Dang Chapter 7

Nota: Procura a nossa categoria “BLOG PORTUGUÊS” no site, do lado direito, a azul para teres acesso aos nossos blogs em Português. Namaste!
Autor: Maria José Antunes (LYRA LIGHT). Se desejares ter sessões de cura, ajuda e orientação espiritual ou tornares-te meu Estudante contacta-me para: mariajoseantunes66@gmail.com
PROJETO TERRA LIVRE, Todos os direitos reservados.
Advertisements