large-20

O passado e o crescimento espiritual

Olha para trás e observa tudo o que passaste, todos os sorrisos e todas as lágrimas, todos os altos e baixos. Tudo, absolutamente tudo conduziu-te aqui; nunca te arrependas de decisões passadas pois todas elas fizeram de ti o que és agora! Lembras-te daquela má escolha?… sim essa mesmo! Bem… como poderias mostrar-te a ti proprio de uma certa maneira, dar-te a conhecer? Como poderias aprender uma determinada lição, como poderias sentir as coisas duma forma que te guiasse à aprendizagem que tu próprio quiseste para ti? Tudo isso que pensas que foram erros, foram escolhas que a tua alma e o teu coração escolheram viver para que te tornasses no ser maravilhoso e completo que és hoje! Sim… aquela curva no caminho trouxe-te até aqui, sim! Senão a tivesses feito terias feito outra, teria sido diferente, comcerteza! Mas a curva que fizeste foi aquela, o desvio foi aquele, porque era disso que precisavas! Terias aprendido doutra forma, mas… o que aprendeste acerca de ti mesmo foi o que escolheste, exactamente o que fizeste é que é importante no aqui e agora, não importa o que poderia ter sido, para o universo só importa O QUE É! Qualquer gasto de energia em considerações passadas deve ser escusado, porque é exactamente isso: um desperdício de energia! Sê o que és, sê grato e abençoa o teu percurso. Prendermo-nos ao passado e ficarmos enjaulados de certeza não nos guiará ao nosso paraíso. Porquê situares-te nesse arrependimento e pena, nessa punição enquanto poderias estar a olhar para ti, para o grande ser que és e sentires-te orgulhoso de ti próprio pois ultrapassaste tudo, tudo! Sente-te grato, perdoa a ti e aos outros, abençoa e ama-te! Tiveste tempo suficiente para digerir todas as lições que ofereceste a ti próprio. Se ainda sentes que precisas de entender melhor, curar e perdoar, agora é o momento para de uma vez por todas fazer esse trabalho interno!

A sociedade induz-nos para o passado constantemente por duas principais razões. Em primeiro lugar para que percamos o nosso ser lá (no passado) e assim não possamos criar momentos no presente que sejam divinos, perfeitos (a constante criação da vida é igual ao movimento divino o que representa o constante crescimento, consciência e abertura das leis divinas); em segundo lugar, enquanto nos encontramos presos aos problemas passados iniciamos um processo de degradação da nossa saúde a vários níveis. Isto acontece porque estarmos infelizes e não vivendo o momento presente inevitavelmente levamos à doença. E isso é o que a sociedade espera de nós. Estarmos doentes e desapontados com a vida leva-nos a procurar a figura paternal da sociedade, o estado come instituição protetora. Assim, tornamo-nos dependentes em vez de sermos soberanos relativamente a nós mesmos, o que em último lugar é o que devemos sempre ser.

Nós tornamo-nos física, mental e emocionalmente doentes por reviver constantemente o passado para que o possamos resolver. Ouve-me bem! Nada pode mudar o passado! Só consegues tornar-te viciado no que já passou e em piedade por ti próprio para que a sociedade te dê atenção e tome conta de ti, já que pensas que não podes fazer isso por ti próprio e os outros que te desapontaram também não o fizeram…

Olhando para trás podes perceber que tentaste tantas vezes libertar-te da falsa proteção da sociedade! Mas a pressão a que foste sujeito, os jogos emocionais, o falso amor… tudo foi feito para que tu ficasses embriagado e preso nas tuas próprias frustrações. Assim… pela vida fora nós dançamos a dança da liberdade, a tentativade sair da gaiola! Às vezes sentimo-nos rebeldes e enfrentamos tudo e todos, outras vezes tentamos pertencer comodamente ao que nos rodeia porque estamos cansados, vulneráveis e necessitams de amor e atenção.

Todas essas tentativas e desistências fazem parte do processo de ACORDAR PARA A LUZ E A CONSCIÊNCIA DO TODO e trazem tantas valiosas lições que nunca podemos arrependermo-nos delas. O que importa é que de uma forma ou de outra, mais cedo ou mais tarde, nós tornamo-nos o ser que realmente queremos! E isso é o que tu és agora!

Autor: Maria José Antunes. Se desejares ter sessões de cura, ajuda e orientação espiritual ou tornares-te meu Estudante contacta-me para: mariajoseantunes66@gmail.com
PROJETO TERRA LIVRE, Todos os direitos reservados.
Advertisements